#livrepraser campanha de inverno 17 traz mulheres que inspiram

Com a temática #livrepraser, nossa campanha de Inverno 17 traz quatro garotas incríveis, que atuam em diferentes áreas de trabalho, mas que têm uma coisa em comum: a quebra de preconceitos.

#livrepraser campanha de inverno 17 traz mulheres que inspiram

Com a temática #livrepraser, nossa campanha de Inverno 17 traz quatro garotas incríveis, que atuam em diferentes áreas de trabalho, mas que têm uma coisa em comum: a quebra de preconceitos. Nós, mulheres, sabemos como isso tem presença forte em nossa rotina. Por isso a Cravo&Canela abraçou a causa e quer empoderar cada vez mais mulheres.

As protagonistas, Nirvana, Aline Rocha, Adriana Marto e Cindy Matzak atuam, respectivamente, como influenciadora digital, DJ, ilustradora e tatuadora. Suas histórias inspiradoras dão tom à campanha e ilustram com muita atitude nosso catálogo. Escolhidas por seus diferentes perfis e por terem enfrentado dificuldades em suas profissões, como o machismo e o racismo, elas conseguem, através de seus relatos, inspirar outras mulheres a encontrarem força e não se intimidarem pelos padrões da sociedade.

“Quando você é uma negra participando de um casting como modelo, a diferença de oportunidades fica evidente. Você sabe que, de dez vagas, na verdade está concorrendo a duas, enquanto as garotas brancas disputam as outras oito. A mulher negra sempre acaba ficando em uma cota”, conta Nirvana, que divide os jobs de modelo com a atuação como influenciadora digital.

Para a ilustradora Adriana, ter participado da campanha ressalta que “a mulher não é só uma imagem e valoriza o trabalho e a história de cada uma, não focando só na estética, mas mostrando valores” e, além disso, passa a mensagem de uma marca “que se conecta com suas consumidoras”, de acordo com Cindy.

Sobre algumas dificuldades que já enfrentou, Cindy conta que teve que adiar por um tempo seu sonho de ser tatuadora até se sentir mais confortável e ter uma aceitação maior de mulheres nessa profissão, que antes era de maioria masculina. “Ainda não me sinto à vontade para frequentar muitos lugares por ser uma mãe nova, solteira e tatuada. Gostaria de ser livre pra ir onde eu quiser sem receber olhares reprovadores”.

“Meu maior desafio é superar diariamente os julgamentos e a discriminação de homens que acham que eu sou uma pessoa querendo chamar atenção, quando na verdade ajo com muito zelo por só estar querendo fazer o meu trabalho e ser respeitada”, conta Aline, que trabalha como DJ na noite paulistana.

Esse é nosso primeiro passo rumo ao objetivo de incentivar a força criativa feminina. Ao longo do ano, e dos próximos também, iremos desenvolver mais ações e iremos participar de eventos que apoiam a força feminina. Nosso propósito é reforçar a ideia de que a mulher é livre para ser que ela quiser.

Aguardem que muitas novidades estão chegando por aí! Já assistiu nosso vídeo de campanha? Não? Então dá o play e curte aí.

 



1
A força das mulheres empreendedoras
#NAREAL_comportamento - 20.04.2017

A força das mulheres empreendedoras

Que as mulheres chegaram para conquistar seu espaço todo mundo já percebeu, mas o que poucos sabem é que elas já são maioria quando o assunto é empreendedorismo.
leia todo o conteúdo >
Papo-cabeça com Cris Rozeira - Atacante da Seleção Brasileira de Futebol Feminino
#NAREAL_comportamento - 22.06.2018

Papo-cabeça com Cris Rozeira - Atacante da Seleção Brasileira de Futebol Feminino

O #NAREAL aproveita o ritmo de Copa do Mundo, pra contar a história das CAMPEÃS da Seleção Brasileira de Futebol Feminino e falar sobre o cenário do esporte no nosso país. 
leia todo o conteúdo >
Verão + fresh!
#NAREAL_comportamento - 24.01.2018

Verão + fresh!

Receitas de drinks refrescantes e orgânicos para você testar em casa
leia todo o conteúdo >