Experimentando e descobrindo a moda

A moda pode ser criatividade e expressão da nossa individualidade. Para mim, que sou supertímida, é mais uma das maneiras de me comunicar e compartilhar minhas ideias sem necessariamente usar as palavras. | Por Flávia Desgranges

Há pouco mais de oito anos se alguém me dissesse que eu gostaria e trabalharia com moda eu iria achar que era uma grande piada. Caí nesse mundo por acaso, confesso. Comecei com fotos de street style pela minha paixão por fotografia e montar os looks fazia parte do processo, mas definitivamente não era a mais importante.

Até então pensava na moda como algo cheio de regras e tendências, de certa forma inatingível. Além disso, as peças caríssimas das grandes marcas não faziam parte da minha realidade. Definitivamente o mundo da moda parecia algo distante e que eu jamais almejaria.

Mas bastou o primeiro contato com os sites de street style para eu me apaixonar e descobrir que a moda ia muito além disso. O lookbook.nu, primeira rede social de moda, mostrava looks de pessoas de todo o mundo. Nada de supermodelos, peças de grandes marcas ou produções com as últimas tendências que estampavam as capas das revistas. Eram pessoas exatamente como eu e por isso tomei coragem para compartilhar os meus looks também.

A moda pode ser criatividade e expressão da nossa individualidade. Para mim, que sou supertímida, é mais uma das maneiras de me comunicar e compartilhar minhas ideias sem necessariamente usar as palavras.

E foi assim que ao longo desses anos experimentei um pouco de tudo e caminhei por todos os estilos, os looks du jour postados no blog não me deixam mentir. Fui do look mais fofinho ao rocker, passando por opções boho, boyish, esportivas... e tem coisa melhor do que escolher livremente quem a gente quer ser?

Embora alguns looks eu prefira nem lembrar, é bacana ter tido a liberdade de me vestir sem medo. Me divirto com algumas das minhas produções e aprendi a reconhecer o que realmente me faz sentir bem e comunica o que quero. Mas é um aprendizado contínuo, diário mesmo. E é bom demais que seja assim.

Nos últimos tempos, por exemplo, eu descobri que gosto de pantacourts. Aquela moda engessada e distante me diria que esse tipo de peça não fica bem em quem, como eu, tem apenas 1.60m. Mas quem liga? Hoje eu uso saia midi sem medo, desci do salto alto e posso me sentir incrível usando um tênis. Sim, porque hoje os tênis estão longe de ser algo comum e sem opções. Só nessa última coleção da Cravo & Canela eu me apaixonei por meia dúzia de modelos. Já experimentei o tênis com recortes - supermoderninho! - e o com solado de palhinha - cool e confortável. E quero continuar conhecendo novos modelos.

Com a chegada do verão as mules foram a minha mais recente descoberta. Eu achava que não curtia muito esse tipo de sapato, mas me apaixonei por vários na nova coleção. Os modelos com um nózinho e em tecidos como cetim simplesmente trazem uma nova cara para as mules. Amo me dar essa chance de provar e aprovar algo novo! 

Gostou? Curta o post no coração e compartilhe nas suas redes sociais <3



1
21 vezes em que o chunky combinou com as peças do seu guarda-roupa
#NAREAL_moda - 11.07.2018

21 vezes em que o chunky combinou com as peças do seu guarda-roupa

Pra provar que os dad sneakers podem ser usados em qualquer situação, separamos 21 looks BOMBÁSTICOS para você montar com as roupas que já estão no seu closet.
leia todo o conteúdo >
O Sportwear tornou a moda mais livre e confortável – e você nem percebeu!
#NAREAL_moda - 07.11.2017

O Sportwear tornou a moda mais livre e confortável – e você nem percebeu!

Foi-se o tempo em que um look bapho era sinônimo de vestido e salto alto. O mundo girou, a gente mudou e a moda acompanhou essa transformação. 
leia todo o conteúdo >
#SolteSuaVoz – Campanha de Inverno 2018
#NAREAL_moda - 09.03.2018

#SolteSuaVoz – Campanha de Inverno 2018

Em nossa nova campanha, abraçamos a atitude e a força da cultura rock ‘n’ roll para falar de empoderamento feminino de um jeito diferente.
leia todo o conteúdo >