O Sportwear tornou a moda mais livre e confortável – e você nem percebeu!

Foi-se o tempo em que um look bapho era sinônimo de vestido e salto alto. O mundo girou, a gente mudou e a moda acompanhou essa transformação. 

Foi-se o tempo em que um look bapho era sinônimo de vestido e salto alto. O mundo girou, a gente mudou e a moda acompanhou essa transformação. Os saltos deram lugar aos tênis, o jeans skinny foi trocado por calças folgadas e as definições de “look dia” e “look noite” foram desconstruídas.

Nasce uma geração adepta da praticidade e funcionalidade, que não adere às tendências desconfortáveis e que não aceita rótulos – principalmente dentro do seu guarda-roupa. Em contrapartida, a moda percebe a importância dos movimentos e comportamentos sociais como fonte de inspiração.

Nessa onda de libertação, o sportwear se torna nosso melhor amigo: moletons oversized, calças folgadas, macacões, tênis e flatforms. O “masculino” e o “feminino” deixam de definir nosso estilo e abrem alas para peças genderless.

Assim, surge uma moda superconfortável e multiuso, onde o casual e o formal estão à uma combinação de distância. O vestuário passa a ser questão de bem-estar e qualidade de vida nessa rotina agitada e multitarefa que a gente vive.

Quer aderir aos looks esportivos? Então espia as ideias que a gente separou pra você!

Gostou? Lá no Pinterest tem mais outfits confortáveis pra você se inspirar. 



1
#Partiu2018: looks para a virada baseados no significado das cores.
#NAREAL_moda - 21.12.2017

#Partiu2018: looks para a virada baseados no significado das cores.

E aí, já pensou nos seus desejos para 2018? Para garantir as conquistas do próximo ano, o #NAREAL explora seu lado místico e mostra sugestões de looks com a cor certa para alcançar seus objetivos. 
leia todo o conteúdo >
Trend Alert: o retorno das Western Boots
#NAREAL_Moda - 12.07.2019

Trend Alert: o retorno das Western Boots

Se você é antenada e acompanha as tendências do mundo da moda, já percebeu que as western boots voltaram com tudo, né?
leia todo o conteúdo >
O destino que eu escolhi pra mim
#NAREAL_comportamento - 24.11.2017

O destino que eu escolhi pra mim

Quando eu tinha quinze anos eu jurava que sabia das coisas. Minhas certezas esbarravam nas linhas das fronteiras de Leopoldina, a pequena cidade que nasci lá no interior de Minas Gerais. Naquela época a timidez não me deixava ser, então eu comecei a imaginar. | Por Bruna Vieira
leia todo o conteúdo >